segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Pesquisa aponta derrota de Adriana Ribeiro em Amarante do Maranhão


Caxias - Ma, 19 de Setembro de 2011




Pesquisa realizada recentemente na cidade de Amarante do Maranhão, para verificar a preferência do eleitorado, apontam dificuldades para reeleição da prefeita Adriana Ribeiro (PV).









Numa consulta pública, encomendada por um deputado estadual atuante naquele município, o ex-prefeito Miguel Marconi aparece como favorito para disputar a prefeitura nas próximas eleições municipais.







Numa consulta pública, encomendada por um deputado estadual atuante naquele município, o ex-prefeito Miguel Marconi aparece como favorito para disputar a prefeitura nas próximas eleições municipais.



Adriana Ribeiro, atual gestora, tem ampla reprovação da população de Amarante.

A prefeita faz uma gestão desastrosa e duvidosa, cercada de escândalos como nepotismo, desvio de recursos de convênios, aumento visível de patrimonio da família, e, recentemente, mais de R$ 200 mil empregados num parque de vaquejada na cidade, que tem seu esposo, o médico Gildasio Chaves, como sócio.


Médico campeão de nepotismo trabalha em cinco lugares ao mesmo tempo




O médico Gildásio Chaves Ribeiro, que foi prefeito de Fortaleza dos Nogueiras e conseguiu eleger a mulher Adriana Luriko Kamada Ribeiro (PV), prefeita de Amarante do Maranhão, só cumpriria a carga horária se fosse onipresente um ser de outro planeta




Gildásio Chaves tem 05 vínculos, dos quais 03 seriam com o SUS, em cidades de Imperatriz e Fortaleza dos Nougueiras. Assim, sua carga de trabalho semanal chegaria a 78 horas diárias, sete dias por semana.

O ex-prefeito de Fortaleza dos Nogueiras, hoje primeiro damo de Amarante – onde também tem vínculos pelo SUS, é o marido da prefeita de Amarante, Adriana Ribeiro, cidade onde se tem conhecimento do maior nepotismo do Maranhão, ou até mesmo do Brasil.



Em Amarante do Maranhão, o maior exemplo de nepotismo




Depois de mandar no município de Fortaleza dos Nogueiras, o médico Gildásio Chaves, resolveu fincar raízes e aumentar ainda mais o patrimônio na cidade Amarante do Maranhão, onde conseguiu eleger sua esposa prefeita, Adriana Ribeiro

Por decisão da Primeira Câmara Cível, o Tribunal de Justiça do Maranhão chegou a expedir mandado de prisão contra a prefeita de Amarante. Ela não queria cumprir uma decisão judicial de reintegração de funcionários aprovados em concursos público. Todo o poder emana da família e por ela será exercida.

Assim como um Fortaleza dos Nogueiras, Gildásio usa a prefeitura de Amarante do Maranhão para empregar seus familiares, no maior exemplo cara dura de nepotismo que se tem conhecimento em todo o Estado.

Abaixo a divisão dos cargos entre os parentes do médico Gildásio.

Adriana: Esposa de Gildásio – Prefeita Municipal

Gildásio: Primeiro-Damo, Assessor-Chefe da Prefeita

Gildo: Irmão de Gildásio – Secretário de Finanças

Gilcilene: Irmã de Gildásio – Secretária de Educação

Gldean: Irmã de Gildásio – Secretária de Saúde

Gilson: Irmão de Gildásio – Chefe das Licitações e Compras

Astor: Cunhado de Gildásio – Chefe de Tributos; Responsável tabém pelos veículos e combustível

Gilcinéia: Irmão de Gildásio – Contadora

Edilson: Cunhado de Gildásio – Função Desconhecida. Mas está na Folha de Pagamento

Gilmar: Irmão de Gildásio – Ex sub-Secretário de Saúde. Transferido para outra função

Marcílio: Cunhado do Gildásio – Médico

Marcos: Primo de Gildásio – Médico

Yuri: Primo de Gildásio – Médico

Gildeon: Tio do Gildásio – Médico





Fonte: Blog do Luis Cardoso





kemiguel@hotmail.com

Nenhum comentário: